Você não tem tempo?

Quem nunca usou aquela velha e desgastada desculpa “mas eu não tenho tempo para…”, com certeza não é da raça humana. Porém vamos lá, já viu alguém ter mais ou menos do que 24hs em um dia?

Na verdade a típica frase acima citada “não tenho tempo” deveria ser traduzida para “não foi/é prioridade…”, mais honesto e sincero. Como havia dito, todos nós vivemos sobre o mesmo prisma temporal, porém o segredo dos bem sucedidos é: PRIORIDADES!

Quem não é capaz de programar sua semana e dias com disciplina e rigor, verá jorrar o tempo desperdiçado com bobagens que não acrescenta, apenas faz perder o foco. Vejo muitos cursantes e raríssimos estudantes, aqueles que realmente se debruçam nos estudos por horas diárias….a desculpa é sempre a mesma. Será que o mundo quer ouvir nossas desculpas ou espera os nossos resultados?

Atualmente temos que nos precaver pois há incontáveis fontes de distrações: celular, redes sociais, televisão, jogos eletrônicos, internet. Não tenho dúvida que estes meios tecnológicos podem e devem ser utilizados poupando-nos tempo além da praticidade, porém como você utiliza estes recursos? Obviamente precisamos de lazer, espairecer a mente porém vejo muito mais fuga e alienação do que o uso inteligente destes meios.

Ensino meus alunos que é necessário termos objetivos bem definidos na vida, colocando as metas anuais que devemos cumprir, dividindo-as em meses, semanas e dias suas devidas execuções e já com horário marcado para que não ocorra a procrastinação. Eu mesmo sou muito exigente comigo mesmo, porém felicito-me ao término de cada ano verificar que minhas metas ficam em torno de quase 100% concluídas.

Trabalho, auto-aperfeiçoamento, família, espiritualidade, lazer e saúde. Estas são as categorias que destino meu tempo. Penso como metáfora a afinação de uma guitarra, deve estar bem afinada para que os acordes e melodias expressem com suavidade e perfeição. Assim sendo, nem muito apertado nem muito frouxo, cada corda precisa estar em equilíbrio com as demais….afinar nossa vida também é equilibrar nossos compromissos e objetivos.

Faça uma varredura no seu dia.
Quais os vícios e pontos de desperdícios de tempo? Catalogue-os, paute-se, comece a mudar AGORA, pois o tempo passa rápido e nossas escolhas são artífices do nosso amanhã. Pois o sucesso e o insucesso provém sempre do nosso próprio mérito e devemos começar a ser mais sinceros conosco…afinal quais são as suas prioridades?

O Brasil tem jeito?

Você vive isolado em uma caverna provendo todas as suas necessidades?
Se acabou de ler isso certamente não, pois este texto está em uma plataforma digital na qual só é acessível por vias tecnológicas – internet. Pois bem, assim sendo, bem vindo a sociedade – o deserto do real (parafraseando o filme Matrix).

Vamos lá. Vivemos em sociedade, como sócios no qual provem o significado, mas para viver em harmonia criamos regras e elegemos pessoas para nos representar e conduzir a pólis (do grego cidade), e assim fazemos política, discutindo o que é melhor e mais justo.

Em uma democracia sadia é notório que não basta direito ao voto, é essencial transparência e rodízio de poder. É elementar sintonia entre povo e o parlamento nos princípios e ideais, mas é o que ocorre em nosso país? Não é necessário mencionar que o nível de competência e honestidade dos mesmos deveria ser altíssimo, pois o alto cargo lhes da os meios de poder e acesso a fortunas de impostos; mas se a mesma classe política hoje fosse buscar um emprego (como nós meros mortais), quantos seriam contratados por qualificação e competência?

A incompetência e má gerência recai na qualidade oferecida em educação, saúde, saneamento básico, segurança pública…descaso e omissão de um governo que gasta muito mais do que arrecada, ineficiente e de conduta execrável. O político é um servidor público e deve servir o povo, contribuindo com o melhor de suas faculdades visando sempre o bem em comum e não se apropriando das riquezas da pátria.

Mas existe uma solução para o Brasil?
Não acredite em promessas e soluções fáceis!!!! Minhas sugestões:

1 -Primeiramente acredito que dissolver todos os partidos políticos seria o processo inicial. Propor um nível mínimo de aptidão e formação intelectual (graduação, mestrado, especializações…) para que qualquer cidadão pudesse concorrer a um cargo público político, sendo avaliado por uma prova e análise curricular com total transparência….que vença o mais capaz e que melhor possa representar e gerenciar.
2- Fim de salários escandalosos com aposentadorias milionárias, assessores mil e tantos benefícios ilimitados. Ninguém deve entrar na política para enriquecer fazendo do seu cargo uma rifa, lobby para se beneficiar.
3- Fim do foro privilegiado. O político tem que dar exemplo e se for pego em atividade corruptiva deve pegar 15 anos de cadeia inafiançável com todos os seus direitos políticos cassados, lhe retirando definitivamente da política e qualquer cargo público.
4- Enxugar o número de ministérios, deputados, senadores e vereadores poupando bilhões e diminuindo burocracias.
5- O poder judiciário assim como ministros jamais poderá ser por indicação. Segue concurso público e análise curricular.
6- A classe política deve receber um número de salários mínimos condizente com o labor, tendo apenas o reajuste do salário proporcional ao aumento geral do salário mínimo, assim sendo, jamais poderia estar em pauta aumento particular do próprio salário da categoria.
7- Privatizar com total transparência empresas que apenas realizam prejuízo pela péssima gestão e cabides empregatícios.

É óbvio que haveria inúmeras pendências a serem corrigidas mas com estas medidas em vigor, certamente modificaria substancialmente os rumos da nação.
Voltando a realidade, sejamos sensatos e honestos. Você acredita em urnas eletrônicas? Acredita que é possível eleger um presidente em 2018 competente e honesto para governar? Se ocorresse este milagre, como governar com tantos ratos corroendo nossa pátria no poder trabalhando em causa própria?

Em suma, somos governados em sua maioria por criminosos, que lesam a pátria, dilapidam nossas riquezas e tolhem nossas liberdades – gangsters, incapazes e psicopatas….mas o Brasil tem jeito, e o jeito é sair do comodismo, entender a realidade e reivindicar o que é nosso.

Se gostou destas medidas propostas e texto compartilhe… não esqueça de assistir o vídeo no Youtube e também assista todos os vídeos na descrição. Tenho certeza que em um mês mudará seus paradigmas.